NotÍcias

Imprimir esta matéria Enviar para um amigo Ver todas as matérias

Soraya Moraes derrota MPB no Grammy Latino

Publicado em 04-12-2008

Texto: Marcos Bin

Tags: cantores(as) e bandas  premiações musicais  

Soraya Moraes com os três troféus que conquistou no Grammy Latino 2008

A cantora gospel Soraya Moraes foi a grande vencedora brasileira do Grammy Latino 2008, realizado no dia 13 de novembro, em Houston, nos Estados Unidos. Ela conquistou as três estatuetas que disputou, sendo a mais significada a de Melhor Canção Brasileira, da qual também participaram Vanessa da Mata & Sérgio Mendes, Dudu Falcão, Djavan e Jota Maranhão & Jorge Vercillo. É a primeira vez que um artista cristão – evangélico ou católico – disputa esta categoria, anteriormente restrita a compositores da MPB.

Soraya Moraes conquistou o prêmio com a música Som da Chuva (Soraya Moraes e Marco Moraes), faixa do CD homônimo, lançado pela Line Records. O disco levou o troféu de Melhor Álbum Cristão em Língua Portuguesa, repetindo o feito da cantora em 2005, quando venceu esta categoria com o CD Deixa Teu Rio Me Levar.

O terceiro prêmio veio com o CD Tengo Sed de Ti, escolhido o Melhor Álbum Cristão em Língua Espanhola. Nas categorias exclusivas para os artistas religiosos, Soraya Moraes derrotou nomes como Marcos Witt, Aline Barros, Fernanda Brum, André Valadão e Ministério Toque no Altar, entre outros.

Capa do CD Som da Chuva
O feito de Soraya Moraes chegou a Brasília. A cantora, acompanhada de uma equipe da Line Records, foi recebida pelo ministro da Cultura, Juca Ferreira, que comentou: “A música gospel é uma expressão cultural muito grande”.

O bom momento da indústria fonográfica cristã, que ainda é pouco afetada pela pirataria, também foi destaque nas edições imprensa e on-line do jornal carioca O Globo. Ao falar de Soraya Moraes, o jornalista e crítico musical Antonio Carlos Miguel comentou, com certo desdém, que sua vitória sobre medalhões da MPB deve-se à forma de votação no Grammy Latino, restrita aos membros da Academia Latina de Gravação (Laras, na sigla em inglês).

Segundo ele, o aumento do número de artistas e produtores musicais evangélicos inscritos na Laras foi responsável não somente pelo surgimento de uma categoria exclusiva para a música religiosa brasileira (Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa), mas também pela mudança no peso dos votos, o que teria resultado na indicação – e vitória – de uma artista gospel na categoria Canção Brasileira.

Comentários

Copyright Efrata Music Editora. Desenvolvido por Universo Produções.

Visite o canal da Efrata Music no YouTube e assista a vídeos exclusivos.