Busca:

Espaço do Compositor

POR ELVIS TAVARES
elvistavares@efratamusic.com.br
Imprimir esta matéria Enviar para um amigo Ver todos as matérias

Pastor Jairinho, sanfoneiro de Deus

Publicado em 06-01-2009

Tags: cantores(as) e bandas  história da música gospel  gospel & popular  

Pr. Jairinho, Nani Azevedo e Marco Aurélio: três expoentes do gospel atuando pela gravadora Central Gospel

No ano de 1989 o Brasil perdia o cantor Luiz Gonzaga, seu ícone maior na música nordestina e influenciador de gerações. E foi graças ao cognonimado Rei do Baião que canções de raízes, genuinamente, brasileiras – não tinham nascedouro nem na África, tampouco nas outras Américas – espalharam-se por todo o território nacional agradando a toda a espécie de público, inclusive, os estrangeiros que classificaram aquele estilo rastapé de dançar como sendo, realmente, para todos os gostos. Era music for all, expressão que abrasileirada tornou-se “forró”.

Os ritmos musicais são característicos em cada lugar do mundo. Desta forma temos a tarantela, na Itália; o fado, em Portugal; o tango, na Argentina; o mambo nascido em Cuba, a chula gaúcha e as melodias tribais da África, para ficar com alguns exemplos.

O mais interessante de tudo é que nenhum desses povos está esquecido das misericórdias do Senhor (o que constituiria um verdadeiro contrassenso, já que todos somos obras de suas mãos).

Falando em criação, somos movidos a falar, novamente, de música, dada à sua íntima ligação com o início de tudo, pois, como disse anteriormente aqui no site, Jubal foi o pai dos organistas, conforme relata o livro de Gênesis de Moisés.

Capa do CD "Tô abençoado" Matheus Iensen Cecília de Souza Eduardo Silva Pr. Jairinho caracterizado em uma apresentação
Quando as pessoas dos diversos povos espalhados pela face da Terra aceitam a salvação oferecida por Jesus Cristo, o louvor brota em seus corações e passam a enaltecer o filho de Deus no estilo original da música dos países a que pertençam com instrumentos tradicionais da terra em que nasceram, porém, na linguagem una de adoração ao Senhor dos senhores.

O nosso Brasil é fortemente marcado pelo fenômeno social da miscigenação. E isto faz com que essas variações étnicas introduzam suas tradições culturais por aqui.

Remirando o assunto para o som musical do Nordeste Brasileiro, vem-me, à memória, Joãozinho da Sanfona e a inesquecível e despertadora “Acorda, irmão”, vastamente cantada por ele nas programações evangélicas do final de 70 e início de 80. Lembro-me, também, de Matheus Iensen que mesmo vivendo no sul do país, até hoje, sempre foi adepto à sanfona, trazendo-a colada ao peito em alguns elepês que lançou como, por exemplo, o “Saudosa lembrança”, originariamente Eternal rest (Thoro Harris) bem antes do Joãozinho.

Não posso incorrer no erro de não mencionar Cecília de Souza e o pernambucano compositor Eduardo Silva que mostram afinidades com o instrumento de foles.

Mas, hoje, outro sanfoneiro natural de Pernambuco, ou seja, mais um conterrâneo de Luiz Gonzaga, mas com o brilho diferencial dos que louvam a Deus com simplicidade e sinceridade de coração, começa a ser notado pelo público cristão.

Jairo Lima da Silva, o Pastor Jairinho, tem na carreira alguns discos gravados, tendo sido requisitado por outros cantores como a Mara Lima que usou sua canção “Chora pela madrugada” e mais recentemente, Nani Azevedo que pôs “Adorador por excelência”, música do Pr Jairinho, como título de seu novo trabalho. No entanto, é com o CD “Tô abençoado”, produzido pela Central Gospel, que vem despontando pelo país, num disco recheado por baiões e xotes.

Nas apresentações do Pr Jairinho, trajado a caráter, com chapéu e sandália de couro, como bom nordestino que se preze, a vibração da plateia que o assiste é notória, esteja ele nos rincões do Norte-Nordeste ou em plena Cidade Maravilhosa, cantando o estilo musical que, afinal, é puramente made in Brazil.

“Tô abençoado” já pontua na lista dos mais vendidos, atualmente, no mercado, fazendo jus ao título sugestivo e prodigioso do disco. E daqui a alguns meses teremos nas lojas a novíssima produção do Pr Jairinho com gratas surpresas para os admiradores de seu trabaho.

Realmente, tudo coopera para o bem dos que amam a Deus e assim tem sido com o amigo Jairo, nascido que foi pela mão miraculosa do Senhor haja vista que a maternidade somente visitou sua mãe após o “sim” de Deus. E “Tô abençoado” significa a certeza da operação divina. Que muitos sejam abençoados ao emprestarem seus ouvidos às notas musicais soantes da sanfona ungida do Pastor Jairinho.
Elvis Tavares é advogado, pós-graduando em propriedade intelectual pela PUC/RJ, cantor, compositor, produtor, escritor e manager da Efrata Music
Copyright Efrata Music Editora
Desenvolvido por Universo Produções